Aesa suspende irrigação no rio Paraíba e motivo é o baixo volume da barragem de Acauã



 A irrigação e a retirada de água para criação de peixes estão suspensas desde o último dia 30 em nove cidades paraibanas. A decisão é da Agência Executiva de Gestão das Águas do Estado da Paraíba (Aesa). Os municípios afetados são Itabaiana, Pilar, Juripiranga, São José dos Ramos, Boqueirão de Gurinhém, Salgado de São Félix, Mogeiro, Gado Bravo e Aroeiras, além do Distrito Novo Pedro Velho O motivo é o baixo volume do reservatório Argemiro Figueiredo, conhecido como barragem de Acauã. De acordo com dados da Aesa, o manancial está apenas com 38 milhões de metros cúbicos, que significa 15,2% da capacidade total. A publicação já saiu no D.O do Estado.