Água da transposição pode chegar até 30 de março em Boqueirão

Transposição pode chegar a Boqueirão até o dia 30 de março. Imagem do Google As águas do Eixo Leste da tranposição do Rio São Francisco podem chegar ao açude de Boqueirão, no Cariri paraibano, até o dia 30 de março. A nova previsão foi feita pelo Departamento Nacional de Obras Contra a Seca (Dnocs) na Paraíba, depois de uma visita técnica, no quarta-feira (22), que constatou que as chuvas registradas nos últimos dias estão ajudando a encharcar o leito do Rio Paraíba.

A chegada da água em Monteiro também deve acontecer um dia antes do prazo estabelecido pelo Ministério de Integração, que antes seria até dia 6 de março.

Segundo o coordenador do Dnocs na Paraíba, Alberto Batista, a previsão inicial era de que, depois que a água chegasse em Monteiro , ela levaria de 30 a 45 dias para chegar em Boqueirão, pois ainda precisa passar pelos açudes de Poções, Camalaú e pelo Rio Paraíba. Entretanto, com as chuvas e a melhora na condição do leito do Rio Paraíba, o Dnocs acredita que a água leve de 25 a 28 dias para chegar em Boqueirão.

"Essa previsão de 30 a 45 dias era quando o rio estava seco, mas com essas chuvas na região do Cariri, o solo já está ficando saturado. Então a água vai ter uma maior facilidade de escoar pela calha do Rio Paraíba até chegar no açude de Boqueirão", explicou ele.

Para agilizar o processo de passagem da água pelos açudes Poções e Camalaú, que ficam no caminho entre Monteiro e Boqueirão, o Dnocs está abrindo canais de escoamento nas barragens. Assim, não vai ser necessário aguardar que os açudes cheguem aos 100% de volume para que a água siga o caminho. As obras do Dnocs nestes dois açudes vão ser concluídas na terça-feira (28), segundo o coordenador.

Depois de chegar ao açude de Boqueirão, a água vai perenizar o Rio Paraíba e seguir para as barragens de Acauã e Araçagi. Segundo o coordenador do Dnocs, depois a água ainda vai seguir para um perímetro irrigado que está sendo criado na região do município de Sapé , na Paraíba.

Alberto Batista disse que ela vai ser antecipada em um dia para que tudo esteja funcionando no dia da inauguração. "O presidente Michel Temer deve ir a Monteiro no dia 6 de março inaugurar a obra. Então a água vai chegar até o dia 5 para que ela já esteja correndo no dia da inauguração", explicou o coordenador do Dnocs.