Aliados de Ricardo Coutinho mudam o tratamento com a família Feliciano diante da ‘perspectiva de poder’

O Blog do Ninja tomou conhecimento de que a postura dos aliados do governador Ricardo Coutinho (PSB) com a família Feliciano mudou da água para o vinho.

Diante da iminência da vice-governadora Lígia Feliciano (PDT) assumir o governo a partir do ano que vêm, movimentações começam a ocorrer no sentido de tentar manter o clima de ‘paz e amor’ até o final do mandato, caso Ricardo decida mesmo sair para disputar um cargo eletivo em 2018. O celular de Renato Feliciano, que antes mal tocava, agora, quase que diariamente, recebe um chamado de algum socialista.  Os celulares do deputado Damião e da própria Lígia não é diferente. O suspense em torno do futuro político de Ricardo é o que mais vem angustiando os socialistas, sobretudo diante da perspectiva de poder. A estratégia é destacar a importância de Lígia para, no futuro, não ser defenestrado da gestão e ‘limpar’ a barra depois de ter escanteado à vice. A política é uma verdadeira roda gigante. Um dia você está lá em baixo e no outro você está lá em cima.

Com  Blog do Ninja