Berg Lima falou que seu antecessor foi irresponsável

O prefeito de Bayeux , Berg Lima (PTN) falou que seu antecessor, Expedito Pereira foi um "irresponsável" na administração da cidade nos últimos quatro anos. de forma irresponsável. Ele acusou, por exemplo, Expedito de entregar o município abandonado e a Prefeitura quebrada.

"Estamos tentando resgatar a credibilidade da Prefeitura" disse Berg ao lamentar a falta de recursos para colocar a casa em ordem. De acordo com o prefeito, Bayeux sobrevive praticamente de repasse do governo federal.

Berg reconhece que a falta de recurso é o principal gargalo para o desenvolvimento da cidade de cerca de 100 mil habitantes, "Vamos buscar parcerias com os governos federal e estadual e incentivar o empreendedorismo para aumentar a arrecadação municipal e resgatar a credibilidade da Prefeitura".

Funcionalismo
Berg Lima vai elaborar um calendário para quitar os débitos deixados por Expedito Pereira junto ao funcionalismo.  "A prefeitura não tem condições de fazer esse resgate de uma única vez", diz ao destacar que não há atraso de pagamento dos servidores na sua gestão.

Saúde
O prefeito de Bayeux garante que a oferta do serviço de saúde no município vem sendo restabelecida. "A unidade de Pronto de Atendimento (UPA) voltou a atender normalmente e vamos anunciar, em breve, que o Materno Infantil vai realizar cirurgias eletivas".