Bloco da Saudade revive os antigos carnavais em Camalaú

Na noite desta terça-feira (9), último dia de Carnaval, o tradicional Bloco da Saudade foi as ruas de Camalaú, levando grande emoção, onde os participantes reviveram momentos que não voltarão mais, tempos dos antigos carnavais.

Já faz 19 anos que o Bloco da Saudade vem sustentando a bandeira da tradição carnavalesca na cidade de Camalaú-PB e desta vez com a participação de um grande público.

No desfile teve bonecos de Olinda, fantasias, trio elétrico, Orquestra de Frevo e muita alegria. Várias gerações se confraternizam e em um coro de nostalgia, cantando as marchinhas de carnaval que marcaram épocas.

O casal João de Deus e Maria do Carmo (Duca), desde o início, está na organização do evento juntamente com os seus familiares, sendo a maior parte desses, professores que defendem a cultura popular e a disseminação das práticas e costumes sadios que marcam a identidade histórica do povo nordestino.

O Bloco teve como apoiadores o prefeito de Camalaú Jacinto Bezerra, a prefeita de Salgadinho e filha de Camalaú, Débora Cristiane, o carnavalesco Edson Bezerra, entre outras tantas pessoas decisivas no êxito desta tradição.

O professor Ezequiel Sóstenes lembrou que tradicionalmente o Bloco sai na segunda-feira de carnaval, mas em respeito aos sentimentos consequentes do trágico acontecimento na abertura do carnaval da cidade, a data foi adiada para a terça-feira.

Ele também aproveitou para avaliar como positiva a valorização da tradição carnavalesca na cidade de Camalaú-PB, onde desde 1997 as famílias trazem seus filhos e amigos para brincar no ritmo sadio e cultural. "Vamos continuar incentivando e promovendo esta cultura que já faz parte de nossa história, por isso, sou defensor deste modelo", complementou.



Informações e