Casal suspeito de vários crimes morre em tiroteio com polícia na Paraíba

Homem e mulher integravam quadrilha no Agreste paraibano, diz delegado. Polícia ainda apreendeu armas durante ação

Um homem e uma mulher morreram durante uma troca de tiros com agentes da Polícia Civil na Zona Rural de Alagoa Nova, no Agreste paraibano. Segundo o delegado seccional de Esperança , Henry Fábio, o casal é suspeito de vários crime s e integrava uma quadrilha conhecida como "Bando de Bacuri", suspeita de assalto s, homicídio s e estupros na região.

A operação da polícia aconteceu no Sítio Urucu. Ainda de acordo com Henry Fábio, os policiais realizavam buscas pelo casal e outro homem quando foram surpreendidos por tiros vindos de uma casa. Os agentes revidaram e atingiram o homem e a mulher.

A equipe policial invadiu a residência, socorreu o casal e o levou para um hospital em Alagoa Nova, mas nenhuma das vítimas resistiu aos ferimentos. "Quando nós estávamos fazendo buscas fomos atacados e tivemos que revidar. Apesar do tiroteio , nenhum policial ficou ferido", disse o delegado.

Foram apreendidas na casa uma espingarda e um revólver. O outro homem que era procurado pela polícia não foi encontrado. Os corpos do casal foram encaminhados para o Núcleo de Medicina e Odontologia Legal (Numol) de Campina Grande .

G1 PB