Homem e mulher são presos por tráfico de entorpecente no centro de Patos

Um casal foi preso nesta quarta-feira, 04, próximo a antiga usina de algodão, a Campal, localizada na Rua São José, no centro de Patos . A ação ocorreu quando o casal foi visto por uma guarnição da Polícia Militar que abordou homem e mulher.

Na bolsa do acusado, o mototaxista, Waldimir Pereira Mendes, 51 anos, foi encontrada uma pequena porção de droga. A companheira de Waldimir, Cláudia Maia Batista, 43 anos, que é albergada, foi questionada se havia mais entorpecente em poder deles e ela confirmou que sim. 

Os militares foram até a residência do casal, no Bairro Jardim Guanabara, próximo ao Serrote de Chico Cirilo, onde foi apreendido um vasto material ilícito como 218 pedras de crack prontas para a comercialização, cinco porções de crack pesando 24.6 g, giletes, plásticos para a embalagem da droga, balança de precisão, R$ 424,00 em espécie e cadernos para fazer a contabilidade da venda da droga.

"Nós íamos em rondas pela Rua São José quando avistamos o mototaxi e a senhora Cláudia. Como já os conhecia por uma prática presenciada por mim em tráfico de droga no Beco da Corda, a gente deu voz de parada e obedecido. Na busca pessoal no mototaxi foi encontrada grande quantidade de entorpecente, possivelmente crack e grande quantidade de dinheiro. Perguntado sobre a origem, o mesmo (Waldimir) disse que não sabia informar, tinha encontrado no chão", explicou o Sargento J. Dias.

De acordo com a polícia, Cláudia estava próximo a terminar o albergue restando apenas seis meses. Ela respondia por tráfico de entorpecente

Homem e mulher foram levados para a Delegacia de Polícia Civil onde serão autuados por tráfico de entorpecente.


Fonte - Acilene Candeia / Patos verdade.com