Homem é preso suspeito de agredir mãe com cadeira na Paraíba

Idosa foi levada em estado grave para hospital em Cajazeiras . Moradores tentaram espancar homem

Um homem de 54 anos foi preso suspeito de agredir a mãe, de 74 anos, com uma cadeira de madeira na tarde da segunda-feira (4). O caso teria acontecido durante uma discussão entre os dois em São José de Piranhas, no Sertão paraibano. Segundo a Polícia Civil, moradores da cidade ainda tentaram espancá-lo depois da prisão.



De acordo com o delegado que investiga o caso, Francisco Filho, a família já tem registros de problemas. "Nós ficamos sabendo que já existia alguns conflitos de relação. Agora estamos procurando saber se o homem tem problemas mentais e por qual motivo ele agrediu a mãe com uma cadeira", disse.



Ainda conforme o delegado, após atingir a mãe com a cadeira, o homem fugiu da casa por um canal de esgoto, mas foi localizado por policiais militares e detido. Moradores que acompanharam o caso tentaram agredir o homem, mas a polícia interviu e levou o suspeito para delegacia.

A idosa foi socorrida pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e levada para o Hospital Regional de Cajazeiras . Segundo o delegado, ela passou por cirurgia na cabeça ficou em estado em grave na noite da segunda-feira, mas já nesta terça-feira (5) o quadro clínico melhorou e ela deve receber alta médica na quarta-feira (6).

Francisco Filho informou ainda que o suspeito foi encaminhado para o Presídio Regional de Cajazeiras e vai ser autuado por tentativa de homicídio . A audiência de custódia deve acontecer nos próximos dias.

G1 PB

Para