Homicídio registrado no Conde e Sta Rita, tentativa em Cacimba de Dentro, Patos e corpo encontrado em Sousa

Nem mesmo no período natal ino a violência dá trégua e três casos mais extremos foram registrados na noite, madrugada e manhã desta sexta-feira (25), véspera e dia de Natal. Em Cacimba de Dentro, no curimataú paraibano, no sítio Mium, o jovem Erivan dos Santos Camilo, 21anos, foi ferido por um tiro de espigada tipo soca soca no abdômen. A vítima foi ferida pela própria madrasta durante uma discussão no início da noite do dia 24. Socorrido pelo Samu para o Hospital Regional de Guarabira e não passa perigo de morte. Em Patos também ocorreu uma tentativa de assassinato. Um jovem foi alvejado com disparos de arma de fogo na Vila Cavalcante, sem muitos detalhes da ocorrência. Na madrugada da quinta para a sexta um homicídio foi registrado na cidade do Conde, Litoral Sul da PB. Um homem ainda não identificado foi assassinado   a tiras. Segundo informações o mesmo seria ex-presidiário. Em Santa Rita , na região metropolitana da capital, dois homens foram mortos. Um durante a madrugada e outro pela manhã desta sexta. O caso que mais chamou a atenção da polícia aconteceu nas primeiras horas desta sexta-feira (25), na cidade de Sousa , no sertão do Estado. A polícia militar foi informada através do telefone de emergência 190, que na Rua do Buraco da Gia, no bairro da Várzea da Cruz, tinha um corpo de um homem caído ao solo próximo a uma moto. Ao chegar ao local a polícia constatou a veracidade dos fatos, encontrando o corpo de um homem ainda não identificado com a cabeça completamente esfacelada, possivelmente ferimentos provocados por golpes de um objeto metálico. Ao lado do corpo a polícia encontrou uma moto Honda de cor vermelha com placa de Fernandópolis/SP. A vítima tinha tatuagens no braço direito de uma cruz e de uma inscrição e foi encontrado em sua carteira um comprovante do Bolsa Família em nome de Antônia Lúcia Fernandes. O delegado de plantão Dr. Cláudio Bezerra esteve no local adotando os procedimentos legais e em seguida encaminhou o corpo ao IML da cidade de Patos para ser realizado o exame cadavérico.