Menu
Redes Sociais
Pedidos
Você pode solicitar

Alguma inclusão ou alteração

Mas atenção

Você precisa ler os

Termos e Condições

para escolher o assunto correto

   
 

Juru

Mapa da Cidade


Exibir mapa ampliado

Na década de 60 nos anos 68/69, época em que Sr. João Gualter, mais conhecido por seu João Guarté, se destacava por ser tabelião sucessor da Srª Kalú de Mané Doutor e dona Minervina, ambos naturais de Juru, juntamente com Pedro Prudente e João Luiz, introduziram a "quadrilha matuta" como uma forma de lazer para os moradores da antiga Barra.

Seu Pedro Prudente além de promover as novenas de São Pedro, promovia os "grandes Forrós", terminando sempre com uma quadrilha matuta se apresentando.

Qualquer casamento de verdade, já era motivo suficiente para se dançar.

Com a construção da rodagem de barro que liga Princesa Izabel à Água Branca, e com a vinda da empresa responsável pela construção da obra, o lugarejo passou a ter alegres noites, já iluminadas com a luz de "Paulo Afonso", (como era chamada antigamente). Vários intercâmbios de culturas diversificadas trouxeram turistas para a região.

Essas festas impulsionaram a expansão do comércio local, que por sua vez contava com a "budega" de seu João Luiz, a "budega" de seu Severino Pessoa de Zé Pessoa e o armarinho de seu Mane Domingos, a loja de tecidos de seu Severino Bento, a feira de frutas (que vendida em uns caçuás ali próximo a casa de seu João Luiz) e a farmácia de propriedade do Sr João Luiz, com o apoio do Sr. Cícero Marques, que era o farmacêutico responsável por prescrições de remédios que aliviavam as dores de pessoas enfermas.

Com o passar dos anos, Juru, foi destacando novas pessoas talentosas em vários aspectos: Políticos, sociais e culturais

A cidade é conhecida pelas quadrilhas juninas, que na época ainda eram improvisadas e compostas com cerca de 50 casais que seguiam passos tradicionais
Ainda hoje esses passos tradicionais são:
"Anavantur/anarrier"
Cumprimento de cavalheiros e damas
Segue o passeio
Adiante um, dois, três
É mentira (onde todos se divertiam com confusão da troca dos casais)

Era uma gente simples, porém sabiam se divertir com as quadrilhas com os personagens que tocavam a sanfona, triângulo, pandeiro e zabumba


História da Cidade

As origens históricas do Município de Juru/PB, situam-se nas primeiras décadas do século XX. Conta-se que em um Sítio denominado ROÇA GRANDE do Município de Princesa Isabel/PB, havia em uma propriedade pertencente a viúva Maria Ferreira, mais conhecida por Maria da Roça Grande, corridas de cavalo (prado). Essas competições ocorriam aos domingos, obtendo êxito no ano de 1927 a partir de então, a localidade passou a ser visitada por pessoas de apreciarem esses eventos. O pacato Sítio passa a apresentar os primeiros sinais de progresso, no ano de 1929 é realizada no local, a primeira Feira Livre, a qual obteve prestígio e sucesso, a época algumas casas já haviam sido construídos e passara a dar ao local ares de um futuro promissor.
No ano de 1933, apareceu como Distrito de Princesa Isabel/PB, com o nome de Barra, no quinquênio de 1939 à 1943 ainda como Distrito de Princesa Isabel/PB, recebeu o nome de IBIAPINA. No lugarejo chega o Capitão Dalmo Teixeira, que batiza Ibiapina com o nome de JURU, cuja etimologia significa “aves multicores” palavra originaria do Tupi-Guarani, fato ocorrido no quinquênio de 1944/1948 e que permanece até hoje.

Geografia
De acordo com o IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), no ano de 2006 sua população era estimada em 9.692 habitantes. Área territorial de 403 km².
O município está incluído na área geográfica de abrangência do semiárido brasileiro, definida pelo Ministério da Integração Nacional em 2005. Esta delimitação tem como critérios o índice pluviométrico, o índice de aridez e risco de seca.

Localização
Juru, município do estado da Paraíba (Brasil). Localiza-se a uma altitude de 580 metros.
 

Juru é uma cidade do Estado da Paraíba www.guiaparaibano.com.br . Mais informações aqui no GUIA Paraibano Na década de 60 nos anos 68/69, época em que Sr. João Gualter, mais conhecido por seu João Guarté, se destacava por ser tabelião sucessor da Srª Kalú de Mané Doutor e dona Minervina, ambos naturai Classificação: 5


Esta informação foi útil para você?




Notícias

09/02/2017 - Jovem de 21 anos morre vítima de choque elétrico em Juru
29/01/2017 - Acidentes deixam duas pessoas mortas e duas feridas em João Pessoa e no interior da Paraíba
13/06/2016 - Ministério libera de R$ 1,5 mi para construir CRAS em oito municípios da Paraíba
18/01/2016 - Governo abre inscrições para oficina de elaboração de projetos culturais em Juru
30/11/2015 - Homem é encontrado enforcado na comunidade Jurubeba em Taperoá
12/11/2015 - Capotamento de viatura no sertão pode ter sido um suicídio, afirmam testemunhas
11/11/2015 - Soldado morre na PB 306 após acidente, próximo a cidade de Juru
20/10/2015 - Gestor, esposa, empresária, funcionários e até defunta recebem Bolsa Família no Sertão
30/09/2015 - Operação prende oito suspeitos de vários crimes e apreende 11 armas no Sertão
28/08/2015 - Em um mês, 3 mil pessoas saem do Sertão da Paraíba para trabalhar no corte de cana em SP
18/08/2015 - Com 60 processos TCE tem a maior pauta de julgamentos do ano
12/08/2015 - Pauta da 2ª Câmara do Tribunal de Contas contém 126 processos
29/07/2015 - Pauta de julgamentos da 2ª Câmara do TCE contém 114 processos
07/07/2015 - Governo do Estado leva III Caravana do Coração para a cidade de Princesa Isabel
20/05/2015 - Avião cai na divisa do Pernambuco e Paraíba e deixa 4 pessoas feridas
24/04/2015 - Nas últimas 24 horas chove em 87 cidades da Paraíba
24/04/2015 - Chove em 87 cidades na Paraíba e medidores registram média de 88,5 milímetros
24/04/2015 - Chove em 87 cidades e maior precipitação em Olho D?Água