Ministro Quintella deve receber Companhia Docas para tratar de obras do Porto de Cabedelo

A reunião está pré-agendada para as 18h e foi solicitada pelo gabinete do deputado federal Damião Feliciano (
Uma reunião com o ministro Maurício Quintella, dos Transportes, Portos e Aviação Civil, na próxima quarta-feira (03), poderá definir a situação do Porto de Cabedelo . A reunião está pré-agendada para as 18h e foi solicitada pelo gabinete do deputado federal Damião Feliciano (PDT). O Porto de Cabedelo necessita de algo em torno de R$ 50 milhões para conclusão das obras de aprofundamento do calado, que poderá chegar a 11 metros. Atualmente, o porto tem 9,14 metros. De acordo com a presidente da Companhia Docas da Paraíba, Gilmara Temóteo, toda a bancada federal paraibana está empenhada para que a Paraíba consiga os recursos que faltam para concluir as obras de aprofundamento do calado do Porto. "Esses recursos são indispensável porque sem isso o Porto de Cabedelo , em um  curto ou médio período de tempo, vai ficar obsoleto, vamos deixar de operar importantes cargas no Porto de Cabedelo ", alertou a presidente. A presidente da Companhia Docas ressalta a necessidade de priorizar os recursos para o porto, na votação das emendas impositivas. "A bancada precisa priorizar o Porto de Cabedelo ", frisou. Recentemente, o porto perdeu uma carga de granito extraída de minas na Paraíba, mas que passou a ser operada por Fortaleza (CE). Segundo ela, com os recursos, a obra dura cerca de 90 dias para ser concluída. "Nem sequer interrompe as nossas operações", defende. Ainda de acordo com Gilmara, atualmente o porto recebe navios com 35 mil toneladas, e com a obra, passará a receber navios com quase 60 mil toneladas.