Paraibano morre e várias pessoas ficam feridos após tentativa de assalto a ônibus de sacoleiros

O paraibano Antonio Anísio Neto, mais conhecido por Tonho, natural de Catolé do Rocha , no Sertão do estado, e morador de São Paulo, Capital, morreu nessa quinta-feira (22) e vários ficaram feridos durante uma perseguição de bandidos em uma tentativa de assalto a um ônibus de sacoleiros com placas de Hortolândia-SP, que faria compras em Foz do Iguaçu.

O caso aconteceu por volta das 4h30 da madrugada e o ajudante do motorista que é dono do ônibus, sofreu traumatismo craniano e morreu no local do acidente . Os bombeiros ainda tentaram reanimá-lo, mas em vão.

O fato ocorreu quando dois carros com assaltantes tentaram assaltar o coletivo, no trevo da PR-317 com a PR-082 em Engenheiro Beltrão, mas o motorista fugiu Pela PR-082, sentido Terra Boa e Cianorte.

Os passageiros acionaram a polícia militar via 190 e os policiais realizaram o cerco no trevo da PR-323, em Cianorte. Os bandidos chegaram a disparar contra o coletivo várias vezes. Mas o motorista continuou fugindo sentido Cianorte.

Não se sabe ao certo, mas as informações dão conta que os acusados havia desistido do assalto , mas o motorista vendo que havia carros seguindo o ônibus, ele não sabia que se tratava de usuários e continuou acelerando em alta velocidade e ao se aproximar do trevo de acesso a Cianorte, perdeu o controle e tombou o veículo na rotatória do Shopping Dallas.

Os feridos foram socorridos pelas ambulâncias dos Bombeiros, do Samu e do município e conduzidos ao Hospital Santa Casa e São Paulo, bem como para a Upa para receberem atendimento médico. Pelo menos três pessoas estão em estado grave com risco de morte e vários com ferimentos leves foram socorridos aos Hospitais de Cianorte.

O ônibus com várias marcas de tiros , até as 7h00 da manhã ainda continuava no local do acidente . O corpo da vítima fatal foi identificada como Antonio Anizio Neto, dele foi encaminhado ao IML de Campo Mourão.