PCdoB decide manter posição de apoio a Luciano Cartaxo; dirigentes antigos se ausentam

A Executiva Municipal do PCdoB decidiu, nesta terça-feira (2), manter a aliança com o PSD em apoio à reeleição do prefeito de João Pessoa , Luciano Cartaxo (PSD). A reunião não contou com antigos dirigentes da legenda, que se ausentam da homologação do acordo político, que ocorreu no Hotel JR,  no Centro da Capital.

Ao todo foram 24 votos a favor da manutenção da Aliança. De acordo com informações divulgadas na imprensa, a reunião tensa foi conduzida pelo dirigente Joanino Cavalcanti, pró Cartaxo, sem as presenças dos dirigentes antigos, a exemplo de Agamenon Sarinho e Simão Almeida.

Lideranças do PCdoB se posicionaram contra a candidatura do deputado Manoel Júnior (PMDB) como vice-prefeito na chapa encabeçada por Cartaxo, mas  a posição foi vencida na noite desta terça-feira.

Pela manhã o único do vereador do PCdoB da atual composição da Câmara Municipal, Helton Renê, já tinha informado que o partido seguiria na base do prefeito.  


“Democracia é isso. As pessoas insatisfeitas se manifestam, utilizam de seus argumentos para tentar convencer a outra parte e por aí vai se discutindo. Eu creio que o PCdoB não vai ter qualquer tipo de problema, porque as declarações dos próprios membros já deram o que deram mesmo. Estamos à beira de uma eleição e o PCdoB tem uma participação interessante no Governo Cartaxo, eu estou no PCdoB por conta de uma aliança, então tudo isso foi ponderado. Evidentemente é um partido que tem um histórico de coerência e não poderia ser diferente nas discussões acerca da chapa, mas foi aparada as arestas, foi discutido sobre o que significa essa aliança com o prefeito Luciano Cartaxo e a gente vai seguir em frente com Cartaxo”, disse.