PMDB da Paraíba decide romper com o governo Dilma Rousseff

Um dia antes da reunião nacional do PMDB que vai decidir se fica ou sai do governo federal, o PMDB da Paraíba decidiu romper com o governo Dilma Rousseff (PT). A decisão foi confirmada pelo tesoureiro do partido no estado da Paraíba, Antônio de Sousa . A reunião acabou há poucos minutos em Brasília.

Segundo Antônio de Sousa , a decisão foi por unanimidade.

No início desta noite, O ministro do Turismo, Henrique Eduardo Alves, filiado ao PMDB, entregou sua carta de demissão ao Palácio do Planalto nesta segunda-feira (28). Ele estava no cargo desde 16 de abril do ano passado.

Ligado ao vice-presidente Michel Temer, que é presidente nacional do PMDB, Alves pediu demissão na véspera do encontro que deve selar o desembarque do PMDB ao governo. Desde o início do ano, ele é o primeiro ministro peemedebista a entregar o cargo.