Polícia já tem indícios de veículo que atropelou estudante

A perícia realizada no local do acidente que matou a estudante Rayane Gabrielle Lucena Costa, de 13 anos, na manhã desta quinta-feira (30), não encontrou vestígios do veículo que atropelou a jovem. 
O perito responsável, Guilherme Batista, afirmou que a cena foi muito manipulada por terceiros. 
No local onde o acidente aconteceu não tem faixa de pedestres nem semáforo e isso pode ter contribuído para que a jovem fosse atropelada. Moradores reclamam e dizem que esse tipo de acidente são comuns no local, eles pedem sinalização.

Uma câmera de segurança de um local próximo pode ter registrado imagens do veículo que atropelou a adolescente.
A delegada responsável pelo caso, Gilvanira Linhares, informou que já existem indícios do veículo envolvido, mas acrescentou que não pode revelar mais informações para não atrapalhar as investigações, porém pediu que quem tiver novidades, pode contribuir através do 197.
A vítima estava indo para a escola no momento em que foi atropelada, o motorista fugiu sem prestar socorro e ainda não há identificações sobre sua identidade.