Prefeitura de Mamanguape e Secretaria da Agricultura realizam evento para lançar Plano de Ações 2017

22/02/2017 às 16:37 Prefeitura de Mamanguape e Secretaria da Agricultura realizam evento para lançar Plano de Ações 2017 A Prefeitura de Mamanguape e a Secretaria da Agricultura e Agropecuária de Mamanguape realizaram, na manhã desta terça-feira (21), evento no Centro Cultural Fênix, para lançar o Plano de Ações para a Agropecuária do ano de 2017.  O evento contou com a participação e apoio da Secretaria de Estado da Agricultura, da EMATER, FETAG-PB, EMEPA-PB, INTERPA e FAEPA, de produtores, associações e sindicatos rurais da Região do Vale do Mamanguape , além de secretários de outros municípios.     O secretário Municipal da Agricultura, o engenheiro agrônomo José Otávio fez uma explanação detalhada do plano para este ano. Segundo ele, o planejamento tem o objetivo de discutir formas de reestruturar e fomentar a agroindústria em nosso município. O Plano visa entender o cotidiano do produtor rural, de uma forma que possa integrar a família do agricultor em seu ambiente, atendendo suas necessidades como cidadão e preservando as gerações futuras.  As ações públicas e privadas serão disponibilizadas de forma integrada e de acordo com a demanda local, essas ações serão baseadas em quatro pilares: aumentar o saber; aumentar a saúde, aumentar a renda e ter cidadania. "Precisamos conhecer para poder transformar", acrescentou.     Entre as ações, José Otávio destacou a "Terça Rural", que contará com atendimentos in loco, no espaço do Centro Cultural Fênix, com Banco do Nordeste, EMATER, Defesa Agropecuária e convidados palestrantes, demandados pelo produtor rural.     A vice-governadora Lígia Feliciano parabenizou a Prefeita de Mamanguape e o Secretário pela iniciativa das ações que fortalecem a agricultura familiar, falou das ações do Governo de Estado na área da agropecuária e pediu para que o projeto se integre a essas ações.     Segundo Lígia Feliciano, o Governo da Paraíba está viabilizando um projeto para contemplar a agricultura familiar com a compra da merenda das escolas estaduais, o planejamento da compra dos alimentos nos presídios e a irrigação para agricultura familiar por meio de energia de placas solares, distribuição de sementes de milho e feijão, Empreender Rural e o Garantia Safra.        A prefeita de Mamanguape Maria Eunice Pessoa disse que procurou trabalhar com pessoas que apresentassem perfil para as pastas e o resultado foram as nomeações dos engenheiros agrônomos, o secretário José Otávio e sua adjunta Sílvia Diniz. Eunice, disse que o Plano de Ações também tem o objetivo de atender as demandas dos agricultores de Mamanguape e região do Vale. "Os agricultores precisavam de atenção do Poder Público, diante da sua importância para o desenvolvimento econômico do município", falou.       O evento contou com stands de empresas como a Doce Mel, Agronil, Agromape, Agrocamp, J Moraes Laticínios e Timac, além do SENAR - Serviço Nacional de Aprendizagem Rural e Banco do Nordeste. Também estiveram presentes a secretária adjunta municipal da Agricultura Sílvia Diniz, secretário do Meio Ambiente Gemerson Roque, secretário de Saúde Antônio Neto, secretário de Articulação Política Júnior da Padaria, secretário do Turismo Gledson Júnior e as secretárias dos Direitos da Mulher, Elisângela Ferreira e da Cidadania e Direitos Humanos, Claudia Cunha e a chefe de gabinete, Edna Gonçalves; presidentes das associações rurais de Alagoas, Curralinho, Mendonça, Jangada, Camaratuba, Pindobal, Pitanga; José Carlos da Associação dos Irrigantes; o presidente do Sindicato Rural de Mamanguape , José João, representantes do Conselho Municipal de Desenvolvimento Rural Sustentável e da FAPEMA,  além de secretários das cidades de Casserengue, Capim, Jacaraú, Borborema, Itapororoca e Rio Tinto, representante da Secretaria de Estado da Agricultura, o presidente da Gestão Unificada Emater/EMEPA/Interpa, Nivaldo Magalhães; o vice-presidente da Federação Estadual da Agricultura Vanildo Pereira e a coordenadora do Território Zona da Mata Norte, Márcia Dorneles. Ascom