Projeto inovador da Secretaria de Cultura de Areia garante manutenção de praças

Projeto inovador da Secretaria de Cultura de Areia garante manutenção de praças A cidade de Areia é conhecida pelo conjunto arquitetônico histórico, tanto urbano como rural, formado por igrejas, museus, prédios públicos, fazendas e engenhos que fabricam rapadura, açúcar mascavo e suas famosas cachaças. Agora, o município ganhou mais um charme para suas praças, com o projeto "Adote uma Praça", desenvolvido pela Secretaria de Cultura e Turismo do município.   


O projeto consiste em parceria com empresários e comerciantes, escolas e associações, que são incentivados a adotarem um espaço público para cuidar e deixar a cidade bonita pelas mãos da própria sociedade. De acordo com o Secretário de Turismo e Cultura, Romeu Lemos, o adotante reforma e cuida do espaço publico para o uso da comunidade. A contra-partida é a possibilidade de colocação de uma placa de divulgação na praça com o nome da empresa que adotou o espaço.   

"É uma iniciativa que permite manter estes espaços sem onerar a máquina pública com esses gastos e que dá aos empresários a possibilidade de incluir o nome de suas marcas no rol das empresas engajadas socialmente, que contribuem para o bem-estar da sociedade", argumentou Romeu   

O objetivo maior, segundo o secretário, é o embelezamento da cidade, que é Patrimônio Nacional Histórico e Cultural, para manter a cidade atrativa para os turistas e também promover qualidade de vida para os moradores.   

O primeiro local adotado foi a Praça Doutor Cunha Lima, próximo à descida do Parque do Quebra. A praça foi capitaneada pelo empresário Naldo Veterinário, dono do estabelecimento "FARMAVET". "Eu adotei a praça porque sempre me senti incomodado com o descaso daquela praça, sempre suja, com plantas empoeiradas, servindo de acúmulo de lixo, consequência da falta de cuidado. Outro motivo é que a praça fica em frente ao meu comércio e fica mais fácil para eu cuidar e dar a assistência que ela merece, observando também se o que estamos fazendo está sendo valorizado por outras pessoas. 

O projeto ‘Adote uma Praça‘ é muito importante para a nossa cidade, uma vez que desenvolve nas pessoas, em especial, nos areienses um sentimento de pertença, ou seja, o projeto mostra claramente que aquilo também é patrimônio nosso. Por isso, devemos cuidar e preservar bem", explicou Josinaldo Cândido.   Também participam do projeto as praças Ministro José Américo de Almeida, também conhecida como Praça da Igreja do Rosário; Sólon de Lucena, também conhecida como Praça das Andorinhas; e João Pessoa , também conhecida como Praça Pedro Américo.  

A Secretaria de Cultura e Turismo já vem realizando outras medidas para tornar mais atrativa a visita ao Centro Histórico de Areia com mais de 450 casas. 

O projeto "Uma Rosa na Janela" incentiva os moradores a colocarem flores nas janelas e sacadas dos prédios históricos. As flores também foram colocadas nos prédios da administração. Os casarões também vão passar por pintura e a secretaria já lançou o primeiro mapa turístico da cidade.       Ascom