PSB/PSD apontam para os jovens sousenses suas propostas para geração de emprego na cidade

Para os representantes do PSB/PSD que integram as oposições em Sousa , a exemplo do sousense Zenildo Oliveira presidente do diretório do PSD, um dos maiores gargalhos que a gestão que vier a assumir em 2017 a prefeitura de Sousa terá, sem sombras de dúvidas será o de possibilitar a atração de investimentos público-privados que possibilitem a geração de emprego e renda na cidade principalmente para os jovens que procuram a primeira oportunidade de trabalho.
 
Segundo Zenildo, esse processo de recuperação econômica da cidade não será fácil, devido às mazelas promovidas pela atual gestão, mas o PSD está apto a colaborar diretamente com a gestão do PSB, trazendo seu modelo colaborativo de gestão já reconhecido e aprovado nacional e internacionalmente pela sua forma eficaz de agir e superar cenários de crises econômicas, gerando emprego e renda para a população. "O primeiro desafio da gestão PSB/PSD será montar as escolas de qualificação profissional, qualificar a nossa juventude, para as grandes oportunidades de mercado e no turismo ", destaca Zenildo revelando sua preocupação com a geração de emprego e renda para os jovens sousenses que procuram uma primeira oportunidade de emprego.
 
O pessedista também é defensor da criação de um Banco Cidadão, que seria um instrumento valioso para geração de emprego e renda, através de microcréditos para as pessoas que queiram desenvolver seu primeiro negocio.