Ricardo Coutinho diz que oposição vive de fazer terrorismo

O governador Ricardo Coutinho (PSB) comentou o boato de que ele havia aprovado um projeto de lei autorizando a cobrança de multa de 100% no IPVA para quem atrasasse o pagamento do imposto. De acordo com ele, esses boatos são criados pelos grupos oposicionistas para tentar menosprezar sua administração. 

"Eles tentam jogar a população contra o governo e depois acabam desmoralizados, vivem de fazer terrorismo e não se pode fazer política assim. Foi essa oposição que disse que eu privatizaria a educação e eu desafiei alguém a provar isso, coloquei meu cargo em jogo e não apareceu ninguém. Hoje, nem se fala mais no assunto", declarou.


Em entrevista ao Sistema Arapuan, o socialista ainda lembrou que seus adversários políticos já afirmaram que ele privatizaria a Cagepa e que o açude de Boqueirão secaria, "enquanto isso, ele está mais cheio do que nunca". Para Coutinho, os parlamentares oposicionistas não leram o projeto antes de iniciar suas críticas.

"Eu fui parlamentar muitos anos e a primeira coisa que eu tinha que fazer era ler. Quem não consegue fazer isso, sinceramente, não tem responsabilidade para representar ninguém, essa é a verdade", arrematou.