Secretaria de Saúde de Queimadas antecipa vacina contra a H1N1

 A Secretaria Municipal de Saúde de Queimadas , receberá na próxima segunda-feira (11) a primeira remessa da vacina da Influenza, correspondente a 21% do total de doses que ainda deverão chegar no município. A campanha de imunização contra a gripe foi antecipada em todo o estado. Nesta primeira etapa, o quantitativo disponibilizado pelo Ministério da Saúde está sendo destinado para imunização dos trabalhadores da saúde e para as gestantes, que naturalmente fazem parte do grupo prioritário de risco.


A partir da próxima terça-feira (12), todos os profissionais de saúde estarão recebendo a vacina de acordo com o cronograma estabelecido pela equipe de Coordenação Municipal de Imunização. A meta é vacina r 946 trabalhadores da Saúde na cidade que atuam em todas as Unidades Básicas de Saúde, Vigilância Sanitária, Secretaria de Saúde, laboratórios, hospital, dentre outros.


No caso das gestantes, emergencialmente, a vacina estará disponível em 17 pontos de vacina ção já a partir desta terça-feira (12). São eles: Central, Castanho, Vila, Rua Nova, Aníbal Teixeira, Malhada Grande, Boa vista, Lutador, Baixa verde, Caixa D’água, Olho d’água, Guritiba, Zé Velho, Riacho do Meio, Zumbi, Ligeiro 1 e Ligeiro 2. A meta é vacina r 1.046 mulheres grávidas na cidade, o que corresponde a 80% deste público.


Além dos trabalhadores da saúde e das gestantes, também fazem parte dos grupos prioritários da campanha crianças de seis meses a quatro anos de idade, idosos com mais de 60 anos, mulheres puérperas (que deram à luz nos últimos 45 dias), presidiários e trabalhadores do sistema prisional, população indígena, pessoas com doenças crônicas e jovens de 12 a 21 anos de idade que cumprem medidas socioeducativas.


Segundo a Secretaria de Estado da Saúde as remessas serão enviadas para os municípios de forma fracionada:


2ª envio: de 18 a 22/04/2016


3º envio: de 02 a 06/05/2016


4º envio: de 09 a 13/05/2016


Portanto, a secretária da Sesau, Flávia Lira disse que não precisa de desespero, uma vez que todas as pessoas que fazem parte do grupo de risco serão avisadas antecipadamente dos dias da vacina para que possam receber a dose de imunização contra o H1N1.


Flávia Lira explicou ainda que a meta é vacina r 80% deste público, o que corresponde a 18 mil pessoas, sendo 10 mil idosos. “A imunização destes grupos será iniciada gradativamente, conforme o cronograma de abastecimento das doses da vacina por parte da Secretaria de Estado da Saúde”, destacou.