Secretário afirma que TCE autorizou contratar 312 pessoas para trabalhar na UPA de Cruz das Armas

O Secretário de Saúde do Município de João Pessoa , Adalberto Fulgêncio afirmou que o Tribunal de Contas do Estado (TCE) já autorizou a Prefeitura de João Pessoa a contratar as 312 pessoas que foram aprovadas no Processo Seletivo Seriado para trabalhar na Unidade de Pronto Atendimento de Cruz das Armas.  Ele foi o entrevistado do Programa Rádio Verdade do Sistema Arapuan de Comunicação desta sexta-feira (2).

De acordo com o secretário, quando estiver funcionando a partir do próximo dia 28, a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Cruz das Armas, em João Pessoa terá capacidade de atender uma população de 200 mil habitantes nos serviços de urgência e emergência, 24 horas por dia.


O secretário explicou que a equipe de profissionais que irá trabalhar na unidade foi convocada na última quinta-feira (1°) e receberá treinamento e capacitação para iniciar os atendimentos.

"Os profissionais convocados devem prestar atenção ao prazo de entrega dos documentos e assinatura do termo de apresentação, que acontecerá nos próximos dias 5, 6 e 7 de dezembro, de acordo com o edital" alertou o secretário ao destacar que a UPA irá atender toda a região polarizada pelo bairro de Cruz das Armas, como Jaguaribe, Centro, Alto do Mateus e Funcionários.

Adalberto Fulgêncio explicou que após se apresentarem com a documentação exigida, os profissionais passarão por um período de treinamento com profissionais das outras unidades de pronto-atendimento.

Os profissionais selecionados são médicos, enfermeiros, farmacêuticos, bioquímicos, agente administrativo, assistente social, recepcionista, técnico em radiologia, enfermagem, laboratório e informática, auxiliar de serviços gerais, faturista, almoxarife, maqueiro, condutor e vigilante. O processo seletivo simplificado aconteceu em junho deste ano. O contrato de trabalho vigorará por prazo determinado de 6 meses.

Obra
Com um investimento de mais R$ 6,2 milhões, a atual gestão amplia de uma para três UPAs em funcionamento e melhora a qualidade dos serviços de saúde na Capital. Essas unidades funcionam 24 horas por dia, sete dias por semana, e podem resolver grande parte das urgências e emergências, como pressão e febre alta, fraturas, cortes, infarto e derrame.

A UPA de Cruz das Armas será articulada com a Estratégia da Família, Atenção Básica, Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu- 192) e Unidades de Saúde da Família. O sistema de acolhimento será realizado por enfermeiros e se baseia na classificação de risco do Programa Nacional de Humanização do Ministério da Saúde.

Estrutura 
A nova UPA conta com salas de raio X, engessamento, salas de suturas, aplicação de medicamentos, coleta de material para análises laboratoriais, postos de enfermagem, refeitório e estacionamento para funcionários, público em atendimento e Samu.