Semam promove manhã de educação ambiental na nascente do Rio Cuiá

Créditos: Divulgação
Na manhã desta quarta, 4 de outubro, Dia da Natureza, a Secretaria de Meio Ambiente (Semam), com apoio da Autarquia Especial de Limpeza Urbana (Emlur), promoveu uma série de ações de educação ambiental com a população no entorno da nascente do Rio Cuiá, no Grotão. Os técnicos da Semam e do Centro de Estudos e Práticas Ambientais (Cepam) do Parque Zoobotânico Arruda Câmara, Bica, distribuíram mudas de árvores nativas e o folheto “Protegendo Nascentes”, que traz informações sobre os cuidados com as Áreas de Preservação Permanente (APP), espaços protegidos por lei, como são as nascentes dos rios.

Há mais de trinta anos Claudemir Souza Cavalcanti mora no Grotão, bem pertinho da nascente do Rio Cuiá. Na área da nascente ele já plantou macaxeira, mamão, inhame e cidreira, já colheu e preparou refeições com os alimentos tirados dali. “E a gente que mora aqui no bairro também usa essa área como espaço de lazer. Tem muita gente que deixa de ir pra praia e vem tomar um banho aqui. É um lugar muito importante pra população. A gente faz um apelo para que os moradores cuidem mais desse espaço, que é de todos nós”, enfatizou Claudemir.

Para o secretário adjunto de Meio Ambiente, Djalma Castro, “essa é uma ação em que privilegiamos o diálogo com a população no entorno da nascente. É um momento que aproveitamos para trocar informação, um momento muito mais de escuta, para que as pessoas manifestem suas necessidades em relação a uma área tão importante para o meio ambiente”, concluiu.

Os técnicos do Viveiro Municipal de Plantas Nativas montaram a Tenda Verde, onde foi instalada uma mesa de frutas. Foram distribuídas mudas de árvores nativas com os moradores e plantadas outras dez mudas no entorno da nascente.

O rio Cuiá, onde foram realizadas as atividades, no Grotão, percorre os bairros de Barra de Gramame, Costa do Sol, Paratibe, Mangabeira, Valentina, Planalto da Boa Esperança, Cuiá, Gramame, Geisel e João Paulo II.
 
com