Servidores do Município de Malta paralisam atividades

IMG-20160331-WA0002.jpg A presidente do Sindicato dos Funcionários Públicos Municipais de Patos e Região (SINFEMP), Carminha Soares, confirmou nesta quarta-feira, dia 30, que os servidores públicos do Município de Malta (PB) aderem ao movimento regional e também paralisam suas atividades nesta quinta-feira, dia 31.
Carminha disse que o Município de Malta, através da Prefeitura Municipal, não respeita a lei da insalubridade, não discute com os servidores a criação do estatuto do servidor e com isso nega direitos com adicional noturno, dentre outras questões importantes para os trabalhadores.
Outra insatisfação demonstrada é com relação ao congelamento dos salários de todos os servidores que recebem acima de um salário mínimo. A presidente do SINFEMP também denunciou que a grande maioria dos servidores da saúde são contratados e essa questão serve para dificultar ainda mais as lutas na cidade de Malta.
“Os gestores dizem que a causa de tudo é a crise, mas nós sabemos que essa desculpa é esfarrapada, pois acompanhamos os repasses federais e os demais que entram nos cofres dos municípios. O que existe é falta de compromisso com o povo”, relata Carminha.
 
Jozivan Antero –
 
 


   
 
var imgsNoTexto = [];