Suspeitas de nepotismo e salários altos na prefeitura revoltam população de Pitimbu na Paraíba

Alguns integrantes da oposição na cidade de Pitimbu na Paraíba, devem se organizar nos próximos dias para lutar contra o que eles chamam de nepotismo dentro da Administração do Prefeito Leonardo José Barbalho Carneiro (PSD). Estes integrantes, estão organizando uma carta de indignação ao Ministério Público, esperando que a lei que proíbe o ato, seja devidamente cumprida.

De acordo com o site, reporteriedoferreira, a comunidade pretende pedir à Procuradoria-Geral de Justiça tendo a frente o Promotor Bertrand de Araújo Asfora, que os parentes do administrador Leonardo José Barbalho Carneiro ( PSD ) , sejam exonerados.

"A nomeação de cônjuge, companheiro ou parente em linha reta, colateral ou por afinidade, até o terceiro grau, inclusive, da autoridade nomeante ou de servidor da mesma pessoa jurídica, investido em cargo de direção, chefia ou assessoramento, para o exercício de cargo em comissão ou de confiança, ou, ainda, de função gratificada na Administração Pública direta e indireta, em qualquer dos Poderes da União, dos Estados, do Distrito Federal e dos municípios, compreendido o ajuste mediante designações recíprocas, viola a Constituição Federal."

O prefeito de Pitimbu-Pb Leonardo José Barbalho Carneiro, foi recentemente cassado pelo Juiz da 73a Zona Eleitoral e, atualmente, está administrando sob liminar concedida pelo TRE/PB, onde está sendo julgado o recurso eleitoral que tenta reverter a sua cassação.

A matéria do site reporteriedoferreira, afirma que familiares do prefeito e da esposa dele recebem mensalmente mais de quarenta o cinco mil reais, consequentemente, nos 32 meses de mandato, apenas os familiares do prefeito e sua esposa receberam R$ 1.440.000,00 (um milhão, quatrocentos e quarenta mil reais).

Com esses recursos pagos aos familiares do prefeito de Pitimbu Leonardo Barbalho, daria para reconstruir até a ponte que caiu, localizada no bairro da Pontinha em Acaú, assim como também, daria para ter recuperado a estrada que liga a sede do município ao distrito de Acaú, além de comprar medicamentos para farmácia básica que sempre estão em falta, assim como também comprar merenda que vem faltando, transporte escola r dos estudantes universitários, alem de também poder ter resolvido o problema da falta d"agua de Camucim que perdura há 29 meses.

A matéria exibe um link com os nomes e os salários de diversos funcionários.

A matéria na íntegra pode ser lida no link abaixo

http://www.reporteriedoferreira.com/site/noticias/caso-de-nepotismo-e-supersalario-na-prefeitura-revolta-populacao-de-pitimbu-na-paraiba